Vitamina K: benéfica para a saúde óssea e arterial

A vitamina K, por mais que não seja tão falada, é muito importante para o nosso organismo. Ela está presente em diversos alimentos, como espinafre, brócolis, couve, repolho branco, couve-flor, cenoura, pepino, fígado de boi e gema de ovo. Além de ser de extrema importância para a coagulação sanguínea, a substância também é benéfica para a saúde óssea e na prevenção da arteriosclerose, que é o acúmulo de substâncias nas artérias.

Ela pode ser dividida em:
– K1 (fitomenadiona), encontrada em alimentos de origem vegetal;
– K2 (menaquinona), produzida pela flora intestinal;

  • K2-MK4 – mantém a saúde dos ossos através do aumento da densidade mineral óssea, reduzindo as chances de fraturas em idosos ou praticantes de atividade física de alto impacto;
  • K2-MK7 – ajuda na coagulação sanguínea e na calcificação;

Alguns estudos científicos mostraram que a vitamina K ajuda na fixação do cálcio nos ossos. Sem o mineral, a estrutura dos ossos e dentes ficam fragilizadas e mais suscetíveis à quebra. Uma pesquisa feita pela Universidade de Harvard com um grupo de mulheres entre 38 e 63 anos, que ingeriram a vitamina por um tempo, apontou que elas apresentaram menos risco de fratura nos quadris.

Por ajudar na absorção do cálcio nos ossos, a vitamina K também é uma aliada da saúde cardiovascular como um todo. Ela evita que o mineral se deposite no interior das artérias, impedindo a calcificação dos vasos sanguíneos, condição que aumenta as chances de acidente vascular cerebral, ataque cardíaco e morte prematura.

O Ministério da Saúde orienta o consumo de 65 mcg de vitamina K diariamente tanto para homens como para mulheres. Já a vitamina K2-MK4 é recomendada a dose em torno de 45mg ao dia para grupos de risco.

As causas mais comuns para a sua deficiência são uma dieta inadequada, absorção insuficiente e armazenamento reduzido da vitamina devido à doença hepática ou intestinal. Entre os principais sintomas estão o sangramento excessivo e períodos menstruais prolongados. A Officilab manipula a vitamina K nas seguintes formas farmacêuticas: cápsulas, gotas sublinguais, tablete sublingual, pastilha mastigável, goma nutracêutica, bombom trufado e Fluidcaps (cápsulas líquidas para ativos lipofílicos). Caso você precise optar pela suplementação, manipule sua receita conosco!

Share:

Deixe uma resposta