Verão sem problemas: dicas para cuidar da saúde e da pele na estação

A estação mais festejada para os amantes do sol, praia e piscina começa hoje e vai até o dia 20 de março. É sempre válido lembrar os cuidados que é preciso ter com a exposição solar nesta época de dias mais longos e temperaturas nas alturas.

 

Da alimentação à escolha de roupas, tudo é motivo para ligar o sinal de alerta. Alguns dos conselhos você já deve ser escutado diversas vezes, mas será que eles são seguidos no dia a dia? Separamos aqui dez dicas para que o verão seja aproveitado da melhor maneira possível. Leia todas e não marque bobeira!

 

1 – O filtro solar deve ser aplicado diariamente e não somente nos momentos de lazer.  O produto precisa ter proteção contra os raios UVA (indicado pelo PPD) e contra os raios UVB (indicado pelo FPS). Aplique uniformemente em todas as partes de corpo, incluindo mãos, orelhas, nuca e pés. Isso deve ser feito de 20 a 30 minutos antes de colocar a pele em contato com os raios solares, com reaplicação a cada duas horas ou conforme a necessidade;

 

2 – Nas crianças, o filtro solar deve ser usado só a partir dos seis meses de idade. Ele deve ser voltado para esse tipo de público, pois é feito com ingredientes voltados para a pele sensível do pequeno;

 

3 – Para ajudar na proteção, aposte em chapéus e roupas com proteção UV. Na praia, as barracas usadas devem ser feitas de algodão ou lona, materiais que absorvem 50% da radiação solar. Os óculos com proteção UV também são indispensáveis para proteger os olhos;

 

4 – O uso do protetor solar oral pode ajudar a intensificar a proteção. São capsulas à base de carotenoides, betacaroteno, luteína e Polypodium leucotomos, que também combatem a ação dos radicais livres. No entanto, o seu uso não exclui o uso do filtro solar e não deve ser tomado sem prescrição médica;

 

5 – A hidratação é essencial! O sol e o calor estimulam a produção de suor excessivo. Tome de 2 a 3 litros de água diariamente para evitar a desidratação. Além disso, você também pode apostar em sucos naturais, água de coco e frutas como melão e melancia. A ingestão de líquidos é essencial para manter a temperatura corporal e o bem-estar;

 

6 – Em relação a alimentação, opte pelo consumo de alimentos de fácil digestão. Invista em legumes, verduras, saladas, alimentos integrais e grelhados. Além disso, é preciso ficar atento ao local de consumo, já que o risco de intoxicação alimentar nesta época do ano é alto. Isso acontece pois as altas temperaturas, somadas à falta de higiene no preparo dos alimentos, estimulam a proliferação de micro-organismos;

 

7 – Cuidado com o excesso de sal, de açúcar e de bebidas alcoólicas. Eles estimulam a retenção de líquido, a desidratação e favorecem o acúmulo de gordura no organismo;

 

8 – A temperatura alta e o suor criam um ambiente propício para a proliferação de fungos e bactérias. Dessa forma, o aparecimento de micoses é recorrente. A dica é secar bem os pés, os meios dos dedos e outras dobras do corpo, além de evitar ficar com roupa molhada por um longo prazo;

 

9 – Escolha roupas confortáveis e de cores claras. Tons escuros absorvem mais a luz, fazendo que você sinta mais calor. Prefira tecidos leves e que absorvem o suor, como o algodão, por exemplo;

 

10 – No verão, aumenta a propagação das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, como dengue, febre amarela, chikungunya e zika. A proliferação do mosquito pode ser evitada eliminando a formação de criadouros, como em vasos de plantas, pneus descartados, garrafas plásticas, piscinas sem uso e até mesmo em recipientes pequenos, como tampas de garrafa. Além disso, o uso de repelentes, também durante o dia, é fundamental.

 

A Officilab manipula protetores solares orais e repelentes. Traga sua receita e faça seu orçamento conosco!

 

Fontes:

https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/cuidados/cuidados-com-a-pele-no-verao/

http://www.hgb.rj.saude.gov.br/saude/chegada_verao.asp

http://saude.gov.br/saude-de-a-z/aedes-aegypti

 

Share:

Deixe uma resposta