O poder do chá verde: Conheça os benefícios da bebida para a saúde!

Usado nas culturas chinesa e japonesa há séculos, o chá verde é produzido a partir das folhas da planta Camellia sinensis. Reza a lenda chinesa que a bebida foi descoberta no ano de 2737 a.C, pelo imperador Shennong. Ele costumava beber água fervida para ter uma vida mais longa e saudável. Numa tarde qualquer, algumas folhas da árvore caíram dentro do seu pote. Atraído pelo cheiro, o imperador experimentou e adorou o sabor, batizando o chá de “bebida dos céus”.

 

Não dá para afirmar que essa história é verdadeira ou falsa, mas o que se sabe é que o chá verde tem diversas propriedades benéficas. A planta possui grande quantidade de flavonoides, cafeína, aminoácidos, cálcio, zinco, potássio e vitaminas C, K, B1 e B2De quebra, ainda deixa de bom humor, por conta da presença da L-teanina, responsável pelo aumento da produção de dopamina e serotonina.

 

Outro benefício do chá verde é que ele pode ser considerado um aliado para quem deseja emagrecer, pois possui a substância epigalocatequina galato. Ela ajuda a acelerar o metabolismo e aumentar o gasto energético, ajudando na perda de peso e na diminuição da gordura corporal. Um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition comprovou esse fato. Os pesquisadores acompanham dois grupos com pessoas que estavam acima do peso. Ambos estavam em dieta, mas só um deles bebeu chá verde durante o período. No final, esses pacientes queimaram 4% a mais de gordura do que o grupo que só estava fazendo dieta.

 

E as boas notícias não acabam aí. Outra pesquisa mostrou que a planta pode diminuir o risco de diabetes, já que os polifenóis presentes ajudam a regular a glicose. Quando a substância está alta no sangue, a insulina entra no pâncreas para sinalizar às células que começam a metabolizar a glicose. Os polifenóis ajudam nesse processo: deixa as células mais sensíveis aos efeitos do hormônio.

 

Mesmo com todos esses benefícios, o seu consumo deve ser feito com parcimônia. Segundo a European Food Safety Authority (EFSA), o limite máximo diário deve ser de 800mg. Doses maiores do que isso pode causar problemas no fígado.

 

Para quem não gosta do sabor da bebida, uma opção é consumir manipulado, feita a partir do extrato da erva ou das folhas secas em pó. Nessa versão, ela possui as substâncias e compostos de forma concentrada. Aqui na Officilab, manipulamos a planta em formato de cápsulas, sob a orientação de um especialista. Orce sua receita com a gente!

 

Fontes:

https://drauziovarella.uol.com.br/checagens/cha-verde-em-capsulas-pode-causar-lesoes-graves-no-figado-checagem/

https://saude.abril.com.br/alimentacao/cha-verde-beneficios-para-dar-e-vender/

https://www.cha-verde.net/historia/

Share:

Deixe uma resposta