Novo medicamento liberado pela anvisa no tratamento da obesidade

 

 A obesidade é uma epidemia mundial que não se restringe apenas aos países desenvolvidos.Segundo a OMS, aproximadamente 1,6 bilhões de adultos estão com sobrepeso e pelo menos 400 milhões são obesos. A doença está associada à comorbidades, como doença cardiovascular, diabetes tipo 2, apneia obstrutiva do sono, osteoartrite, depressão e algumas malignidades. A obesidade caracteriza-se pelo índice de massa corporal (IMC)  igual ou superior a 30 kg/m2.

Dentre os reguladores da saciedade, o receptor 5-HT2C no hipotálamo modula a Ingestão de alimentos por ativação do sistema neuronal pró-opiomelanocortina. Os medicamentos disponíveis para esse receptor, como fenfluramina e dexfenfluramina, foram eficazes na promoção da perda de peso, no entanto, estes agentes eram não seletivos, e como resultado da ativação do receptor 5-HT2B, alguns dos pacientes desenvolveram doença cardíaca valvular, logo, essas drogas foram retiradas do mercado.

Causas: Nos últimos anos, a obesidade tem sido considerada uma doença metabólica e neuroendócrina, advinda de um ambiente obesogênico, aliado à uma predisposição genética intrínseca.

Share:

Deixe uma resposta